Sentar numa praça

Sentar numa praça

Estou sempre com todos os canais abertos para aprender o que o a vida quer me ensinar. Desde meus 16, comecei a perceber que quanto mais intuitiva eu fosse e mais bruxinha (uhum, amo me assumir bruxa), dançar com a vida seria mais suave e proveitoso. Sei que é...
Tempo

Tempo

  Há alguns dias atrás escrevi um poeminha sobre tempo que diz assim: relógio atrevido dá voltas sem fim um dia ainda te acerto tem piedade de mim (E fiz até uma aquarela pra acompanhar)     Sinto muita surpresa ao me dar conta que chegamos na metade...
0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio