Um dos sonhos mais especiais da minha vida sempre foi conhecer Paris! Então eu não poderia começar a primeira postagem do Diário de Bordo da nossa trip pela Europa, sem “filosofar” sobre essa sensação. Chegar em Paris foi como ser introduzida em cenário de filme, dos mais lindos e serenos possíveis – meus olhos viam, mas o meu coração ainda não acreditava. As ruas, as casas, os monumentos, os cafés e restaurantes, o comércio charmosíssimo, as músicas e a vista… tudo, tudo é facilmente encantador. Para suspirar a cada passo e a cada curva, principalmente para quem gosta de andar a pé como eu e o Thales!
Então, como boa sonhadora que sou, demorei dois dias para entrar nessa “nova órbita” e acreditar que eu realmente estava ali: diante do lugar que mais sonhei conhecer em todo este mundo. ( Se alguém aí também demorou para ver a ficha caindo quando pisou em Paris, toca aqui! haha) Passado estes tais dois dias de “Céus, estou aqui mesmo?”, comecei a me sentir uma moradora da cidade. De verdade. Por que felicidade pouca é bobagem né, então vamos ao nirvana! Muito desta sensação foi por  termos escolhido alugar um apartamento e não nos hospedar em um hotel, com a “limitação” de estar em um lugar onde só podemos dormir. Em uma casinha alugada podemos “morar” – carregar chaves, cozinhar, organizá-la do nosso jeitinho e dar bonjour para a vizinhança. Taí uma experiência valiosa que já mora na minha lista de pequenos grandes prazeres!

Então, vou começar compartilhando a nossa primeira dica de ouro.

> O apartamento que alugamos em Paris!

mont_9  Mont_2

Airbnb é vida. Essa foi a nossa primeira experiência com essa forma bacaníssima de aluguéis de casa e AMAMOS, tivemos experiências positivas em todos os lugares. (Alugamos apartamentos em todos os países que passamos!)

Nosso host parisiense foi o Michel, uma pessoa adorável, simpática e acolhedora. Foi pontual e fez da nossa chegada um momento super tranquilo e acolhedor. (Ele fala francês, inglês e espanhol! Bem tranquilo para quem não fala francês!) E a nossa casinha no paraíso foi esta aqui, a charmosa La Roses des Sables em Montmartre. (Aaaaaaai, Montmatre! *suspiros) Alugamos o apartamento inteiro! No Airbnb é possível alugar apenas quartos e compartilhar a casa com os anfitriões ou os apartamentos inteiros, sempre optamos pelo espaço inteiro.

* Visitando o link do apartamento você poderá ver mais fotos, datas disponíveis, depoimentos e preço.

3  4

 

> Montmartre: o bairro que escolhemos para chamar de nosso

Se você já assistiu Amelie Poulain provavelmente saberá de qual bairro estou falando. Montmartre é uma das regiões mais características e charmosas de Paris, com ruas e ruelas lindas de viver, charmosos restaurantes e lojinhas, um comércio de bairro de morrer de amores, e muitos, MUITOS outros encantos! Ali está localizada a Sacré Coeur, a famosa Place de Tertre dos artistas e desenhistas locais, o café Deux Moulins do filme da Amelie, assim como a vendinha de frutas e o cinema que a personagem (da qual sou fã!) também frequentava. O bairro está localizado na região mais alta da cidade, por isso tem morrinhos e escadarias que dão um charme único e apaixonante a região! É uma região pra morrer de amores, pra roubar totalmente o nosso coração. *Desbravamos Montmartre e logo logo sairá do forno um post só sobre esse bairro, com descobertas e dicas imperdíveis!

Eis aqui alguns dos meus registros flanando pelas ruas do bairro.

Mont_6 Mont_8Mont_4  Monnt_1 Monnt_2 Monnt_3 Monnt_5

 

Agora vamos a algumas curiosidades e descobertas que tivemos logo que chegamos!

* Compartilharei a cada final de post, alguns pulinhos do gato relacionados ao assunto da vez. Detalhes importantes que também podem te ajudar! 😉

> Ao alugar um apartamento não espere encontrar lugares grandes e arejados. Espero uma casinha prática, limpa, fofa e funcional na versão pocket! Em Paris os apartamentos acessíveis, pelo menos para o nosso bolso, são bem pequenos. Tem uma Paris lá fora nos esperando, então, voilà!

> Coloque o bonjour e o s’il vous plaît na boca e tudo vai dar certo! Regrinhas básicas de educação que servem para qualquer lugar do mundo, ao meu ver. Mas em Paris elas são palavras de ordem. Seja sempre gentil e educado e tudo irá bem!

> A água da torneira é potável, então eles bebem essa água também. Confesso que estranhamos no início, pois não achamos a água muito gostosa como a água potável do Brasil. Então, para não ter que ficar comprando água engarrafada todos os dias, o que não é nada barato, colocávamos garrafas da água da “torneira/potável” na geladeira. Geladinha ficava bem melhor, delicinha. :B

> Não espero muitos sorrisos e afeto. Nós, brasileiros, estamos entre os povos mais calorosos do mundo, temos o tal do borogodó que ninguém mais neste mundo tem. Demonstrações de solidariedade e gentileza não foram muito comuns com a gente. Mas, como cada um vive a sua própria experiência, pode ser diferente com você!  * Vejo aqui uma boa oportunidade para valorizar e reconhecer características que nós brasileiros possuímos e muitas vezes esquecemos, enobrecendo só quem está do outro lado do continente. Somos lindos, gente!

> Aprenda o significa FLANAR, mas no sentido literal. Observe como as pessoas não vivem apenas dentro de carros, mas sim em transportes públicos, bicicletas e passeando com suas próprias pernas. O melhor de Paris descobrimos andando a pé, FLANANDO!

> Se alugar um apartamento, tire onda de morador. Não tem nada mais delicioso do que carregar a chave de casa em plena Paris, comprar baguete de manhã em uma boulangerie, decidir cozinhar em casa com ingredientes gostosos e tomar um vinho de qualidade por precinhos amigos. Ah! E viaje no verão. Tenho certeza que será ainda mais inesquecível.

 

–   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –

Também é apaixonada por viagens? Vem conhecer o queridinho Planner de Viagem! Criado a partir do meu processo de tirar as trips dos sonhos do papel, ele é feito para ajudar outros sonhadores a planejar, montar o roteiro e arquivar suas lembranças mundo afora. Ofereço um cupom de desconto para os leitores do blog! Utilize #amblog e desfrute de 10% off em sua comprinha.

Assine a NEWS e receba todos os posts novos por e-mail, além de lançamentos de produtos e novidades quentinhas do meu trabalho!

Desejo pra nós viagens incríveis e inesquecíveis por toda a vida!
Com amor,
Amanda.

Amanda Mol

Ilustradora, criadora da Loja AM em Varginha (MG) e falante no #PitorescaPodcast, sigo acreditando que o mundo é de quem sonha! Aquarelar, escrever e criar produtos inspiradores é a minha forma de expressar amor. Aqui compartilho andanças pelo mundo, inspirações e sonhos.

mulheres incríveis

#colunistas

Úrsula Freitas | @ursulasfreitas
Cozinheira, barista e sonhadora.

Stéfany Freu | @sejaimensa 
Consultora criativa de alma imensa e pés no chão.

Alícia Madrid | @projetovozdalua
Educadora e idealizadora dos projetos Voz da Lua e Roda de Gaia.

os mais lidos

#amblog

Sobre pausar e viajar

Se tem um assunto que adoro refletir é sobre a importância da pausa. E de tanto pensar sobre isso,...

Fugi pra montanha

Fugi pro mato, ou melhor pras montanhas. Este é o tipo de locação natural que mais me acalma e...

Loading

Avenida Dr José Justiniano dos Reis, 2129, Sion | Varginha MG

© Amanda Mol 2020 - Todos os Direitos Reservados Cuidado com carinho por Fábrica 88 | Estúdio de design