Não haveria assunto mais especial para escrever nesta semana. Pausa, descanso, férias, recarga de energia. O post de hoje é sobre algo tão importante quanto trabalhar e lutar pelos nossos sonhos. É sobre saber PAUSAR.

A princípio pode parecer algo muito simples parar tudo e tirar férias. Talvez porque a maioria das pessoas sempre trabalhou em empregos formais, planejou suas pausas para determinadas épocas do ano e então saiu de férias sem medo de ser feliz. Pode parecer simples, inclusive, que donos do próprio negócio também tirem férias quando bem entendem e façam 5.478 viagens por ano sem dar satisfação a ninguém.

Pois bem. Meu pai sempre foi dono do próprio negócio. Teve açougue por algumas décadas e atualmente se dedica ao Cantinho de Minas, nossa rotisseria – e ele passou 40 anos sem lembrar o que é tirar férias. E isso sempre me intrigou demais, e confesso, nunca compreendi. Quando também me tornei dona no meu próprio negócio busquei compreender as peculiaridades de se tirar férias e entendi de certa forma o meu pai.

Há uma linha muito estreita entre decidir descansar ou não. Fazer pausa coletiva no final do ano ou planejar férias quando bem entender. Jamais emendar feriados ou emendar porque simplesmente também precisa de descanso. Viajar por apenas alguns dias ou se aventurar mundo afora por quantas semanas forem necessárias. É uma decisão não-tão-simples porém louvável, respirar fora do ambiente de trabalho e comprovar que SIM, há muita vida e ar puro lá fora!

Por isso sou uma apaixonada por pausas – desde simples finais de semana até longas viagens. São nestes momentos de “nadismo” que meu corpo e minha alma são invadidos pela plenitude da vida. (Tenho certeza que esse sentimento é familiar a você também!) É em dias assim que a minha cabeça esvazia e dá lugar a novos anseios e sonhos. É quando meu olhar apura e o sentimento de gratidão por simplesmente estar viva, consome minha alma (os dias “formais” as vezes nos deixam esquecer de certas graças…). São nestes momentos de pausa que meus pensamentos desaceleram e parece tão fácil não olhar a hora nem lembrar em que dia da semana estamos. Viver é a urgência e a cura.

 

Gonçalves (MG)

 

Que saibamos parar e desacelerar sempre que preciso. E será preciso, até o final! Que não seja difícil entender que férias não é para quem está com “a vida ganha”. Todos nós “ganhamos” a vida, no início de nossas existências. E precisamos honrá-la com experiências enriquecedoras, memórias felizes e evolução. Bota evolução nisso! A luta é difícil para todos, mas nossa mente precisa de repouso. Que tirar férias e recarregar a bateria não sejam decisões de quando já estivermos no limite de cansaço, mas que venham em cápsulas frequentes ao longo de toda a vida. Em dias de calmaria o cosmo continua abençoando o nosso sonho, pode acreditar. 

Esse post não foi escrito a toa, além de expressar um pensamento tem também a intenção de comunicar minha próxima pausa! Passarei duas semanas em viagem, desta vez em uma trip pela Colômbia, com paradas em Bogotá e Cartagena. Eu e o Thales riscaremos mais um cantinho encantador neste mundo que sonhamos conhecer e com toda certeza voltaremos diferentes, como em todas as nossas viagens. Re-energizados, re-carregados, re-inventados. Porque fazer pausas tem disso, fortalece nosso coração sonhador e faz tudo parecer tão simples. Tão pequeno!

E quando retomamos, trabalhar se torna ainda mais gostoso. Dá aquela saudade aconchegante e uma vontade de acelerar um pouquiiiiinho pra matar a saudade da rotina. E quando vê já estamos trabalhando, revelando fotos (yessss, nós montamos Diário de Bordo!) e planejando a próxima viagem. E aí sentimos aquela saudade do dia que não olhávamos no relógio e pinta uma nostalgia boa no coração. Pausar é o remédio e a cura. Uma linha estreita, que muda tudo.

 

registro dos meu kit de bordo: porta-passaporte, caderninho Suavidade e porta vouchers da agência de viagens que amamos.

 

guardo o passaporte + caderninho dentro do porta-passaporte, olha só!

 

P.S: Já escrevi sobre algumas várias aqui no blog! Vem ler, chega mais. Em breve escreverei sobre a Colômbia também, compartilhando o nosso roteiro e todas as dicas do que vivermos por lá! Mas se quiser acompanhar cada passo da viagem, é só ficar de olho no meu instagram. A loja online continuará funcionando, a todo vapor! Minha equipe de super-poderosas estará cuidando de tudo com o mesmo amor de sempre.

Com carinho e até breve, Amanda. 

 

–   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –

Conheça minhas Ilustrações, Produtos e Cursos online de pertinho:

> loja.amandamol.com.br

> cursos.amandamol.com.br – Como leitor do Blog você tem cupom de desconto exclusivo nas Oficinas! Utilize: #blogAM e desfrute de 10% de desconto em sua inscrição!

> instagram.com/molamanda – @molamanda

Assine a NEWS aqui embaixo e receba minhas conversas semanais, com novidades e lançamentos quentinhos! Escrevo 1 mensagem por semana com muito carinho. Não sou spam, prometo! 

Quem escreve?

Amanda Mol

Amanda acredita na beleza das coisas simples e no poder da nossa intuição! Aquarelar, escrever e criar produtos inspiradores é a sua forma de expressar amor.  @molamanda

Stéfany Freu

Imensa por natureza e entusiasta da comunicação sensível, Stéfany é obcecada por contar histórias, conhecer pessoas, explorar o mundo e descobrir autoestima em tudo que cabe.

 @sejaimensa

os mais lidos

lançamentos

Pin It on Pinterest

Share This