Os jardins de Monet em Giverny

Os jardins de Monet em Giverny

Como eu poderia começar a contar como é estar na Casa e nos Jardins de Monet? Confesso que me enrolo nas palavras, pelo tamanho da delicadeza e singularidade de visitar…

Como eu poderia começar a contar como é estar na Casa e nos Jardins de Monet? Confesso que me enrolo nas palavras, pelo tamanho da delicadeza e singularidade de visitar esse lugar. Eis aqui um exemplo, entre muitos que a vida nos apresenta, onde o SENTIR e o CONTEMPLAR é o que realmente importa. Nada mais além disso. Então prepare o coração para conhecer um lugar mágico!

A famosa Casa de Monet e seus Jardins ficam em Giverny, um bucólico vilarejo localizado na cidade de Vernon (pertinho de Paris!). Então, para fazer esse passeio você deverá comprar um bilhete de trem de Paris até Vernon – com partida da Gare St. Lazare. A viagem levará por volta de 50 minutos! Ao chegar em Vernon você poderá ir até Giverny de tremzinho ou de ônibus, ambos estacionados na porta da estação e bem fáceis de “embarcar”. Basta seguir um tranquilo fluxo de pessoas que tudo irá bem!
Eu e o Thales optamos pelo tremzinho, assim conhecemos um pouquinho da história da cidade com o áudio guia e um “petit rolê” que ele dá pela cidade. Fofíssima por sinal, com todo o charme da Alta-Normandia. Eu que amo campo, paisagens bucólicas e flores, já comecei a me encantar na primeira curva. Em pouco mais de 15 minutos chegamos a Giverny, onde está localizada a Casa de Monet. E voilà, bem-vindo a um pedaço do paraíso!

MOnet_1

Monet morou nesta casa por 43 anos e foi aqui que ele produziu as inesquecíveis obras da sua trajetória artística! Foi bem aqui, em seu atelier ou em meio ao seu jardim que ele pintou a natureza real – observando o seu próprio quintal – em pinceladas impressionistas. E foi aqui, beeeem aqui, que ele produziu suas célebres Ninféias, inspirado em seu próprio lago e em uma natureza imortal que ele mesmo cultivou. E assim, intacto e estonteante, se conserva a Casa de Monet! E de repente, como num passe de mágica, a gente se sente como se estivesse dentro de suas obras.

A Casa de Monet é uma jóia, uma delicadeza em forma de museu. Prontinha e mobiliada para ser a casa dos meus sonhos! Moraria ali fácil fácil. (haha) Como não gosto de fotografar certos museus, e sim contemplar e observar os detalhes, deixo aqui o site da fundação que apresenta tudinho sobre essa visita, incluindo fotos de toda a casa. Aqui, ó: http://fondation-monet.com/.

Além de pintor, Monet foi um grande Jardineiro. E é esse lado, essa face tão bonita que me encantou enormemente! É de flores e delicadeza natural que minhas fotos vão tratar! <3

MOnet_4

Prepare-se para contemplar muitas espécies de flores maravilhosas! De todos os tipos, tamanhos e cores. E mais: combinadas de uma forma única nos canteiros, como se respeitassem uma cartela de cores. Dedique seu tempo a contemplá-las, de pertinho, veja como são diferentes das flores que vemos comumente. Se derreta com o tamanho dessa beleza! E para brindar, você verá muuuitas borboletas brincando pelas pétalas. Me senti no céu.

Flor_10 Flor_9 Flor_2 Flor_8 Flor_6 Flor_5 Flor_4 Flor_3 Flor_1 Flor_11 Flor_12 Flor_13

Um dos meus hobbies é fotografar flores! Nesse momento eu realmente me perco e minha mente viaja pra muito longe. Me fascina as nuances de cores, texturas e formatos. Da nossa trip, reuni centenas de fotos floridas. Então, escolhi algumas delas para compartilhar aqui no Diário de Bordo!

Certos canteiros não podem ser visitados e sim contemplados de longe (um longe não tão longe assim, né?). Vemos nos trabalhadores a satisfação e o orgulho de estarem ali, é tão bonito. Confesso que por algumas horas senti bastante inveja daquela jardineira ali no meio! Um estágio neste jardim seria o meu sonho.

MOnet_3

Passando pelo jardim e atravessando uma passagem subterrânea você chegará ao jardim de água, Le Jardin D’eau. Neste momento, dê mais uma carga no seu coração, pois você entrará verdadeiramente em mais uma obra de Monet: seu lago de Ninféias.

Como não se emocionar ao se deparar com a locação de uma das obras impressionistas mais célebres e apaixonantes do mundo? Aqui, é impossível não se sentir mais um vez em um pedaço do céu e contemplar demoradamente cada detalhe, tanto nos caminhos floridos e cheios de árvores, como nos águas enfeitadas por ninféias. Sabe aquela linde ponte japonesa, do quadro de Monet? ( “The Water Lily Pond”) Você passará por cima dela. (suspiros!)

MOnet_2

MOnet_5 MOnet_6 MOnet_7 MOnet_8

Reserve um dia todo para viver essa experiência. Esse foi um dos dias da nossa #tripdossonhos que mais me marcaram e que jamais sairá da minha memória. Já sonhei várias vezes que eu estava novamente, entre essa inesquecível paisagem! Como eu queria que existisse uma máquina de teletransporte para passar todos os meus finais de tarde ali. Essa paz revigora qualquer mente cheia de pensamentos.

Para fechar com pétalas de ouro, alguns pulinhos do gato para esse passeio:

> Acorde o mais cedo possível (as 6h da manhã!) para pegar o primeiro trem que parte até Vernon. Assim você conseguirá chegar entre os primeiros visitantes e desfrutará da Casa e dos Jardins ainda vazios – o que deixa essa experiência ainda mais agradável! Se você sonha com uma foto na ponte sozinha – desafio nada fácil – faça esse sacrifício. (haha)

> Li em blogs que a fila para Casa de Monet era enorme e muitas vezes perdíamos a viagem. Com a gente não foi assim: fomos no auge do verão, no meio das férias européias e achamos a visita super tranquila. Pegamos uma fila pequena e logo estávamos dentro do tal paraíso!

> Leve um lanche que possa servir como almoço. Assim você poderá desfrutar de toda manhã, fazer um lanchinho e desfrutar do restante da tarde. Se você  também sonha em estar neste lugar (assim como eu sempre sonhei!), vai ficar com o coração partido na hora de ir embora. Então, como lá dentro não existe restaurante, leve sua “merenda” para aproveitar o máximo que puder! :-B

> Giverny é um vilarejo ENCANTADOR, vale um passeio por suas lojinhas e restaurantes. Se você não planejar ficar apenas no “reduto Monet”, saiba que poderá passear deliciosamente por todo a pequenina cidade rural ou optar visitar o Museu do Impressionismo que fica pertinho da fundação Monet. Apenas fique atenta(o) ao horário de retorno do tremzinho ou do ônibus!

> Se você ama flores e natureza, prepare o coração. Aproveite para registrar momentos dos mais lindos da vida – seja em fotos ou apenas em sua memória. Desfrute, contemple, medite. Momentos lindos e serenos assim estão, ao meu ver, entre as coisas mais preciosas dessa vida.

thumb_IMG_8423_1024

E por fim, quando fizer a sua visita, lembre-se mim e leve meus olhos com você.

Beijos floridos e até o próximo post!