Nosso roteiro em Cartagena #diariodebordo

Nosso roteiro em Cartagena #diariodebordo

Este é um dos posts mais especiais da #tripColombia pois foi em Cartagena que passamos a maior parte da nossa viagem e foi beeem ali que vivemos os dias mais…

Este é um dos posts mais especiais da #tripColombia pois foi em Cartagena que passamos a maior parte da nossa viagem e foi beeem ali que vivemos os dias mais coloridos e inesquecíveis de toda a trip.

Como contei no post introdutório, “Como foi conhecer Cartagena“, esse lugar especial, realmente tocou nossos corações e nos proporcionou dias mágicos. Precisei escrever em detalhes, pois, eu não conseguiria resumir a bela cidade amuralhada em apenas um post de “dicas de roteiro”. A linda cidade caribenha pede um post à altura. E juro, estou me esforçando ao máximo para ser capaz de traduzir em palavras a nossa maravilhosa experiência por lá! <3

Feita minha afetuosa introdução, a partir daqui irei direto ao ponto. Não dividirei em dias e, sim, em TUDO o que fizemos e escolhemos conhecer em Cartagena! Como quase-tudo por lá é bem pertinho, você montará o seu roteiro de acordo com afeições e prioridades! Mas fica a dica, 4 dias no mínimo por lá, hein? Ou você pode ir embora de coração partido.

Com você, nosso diário de bordo:

1. Passeamos pelas ruas, incansavelmente, sem rumo e sem hora. Esta é uma atração tem-que-rolar! Afinal, o charme de Cartagena está nas construções coloniais, varandas floridas, portas e janelas ricas em detalhes, cores, igrejas, monumentos, palanqueras, comidas de rua, muralhas e pombos. Yesss, pombos (haha). Sentir vontade de parar e tirar uma foto na frente de todas as casas é quase inevitável.

Praça da Aduana

 

eu disse inevitável, mesmo. <3

 

2. Contemplamos o pôr do sol no Café del Mar, quase todos os dias. Point dos turistas, o famoso bar é realmente astraaal demaaais. Quase todos os dias sentamos ali, tomamos em mojito maravijoso e assistimos o sol caindo sobre o mar. A primeira dica é chegar por volta de 17h, pois as mesas são bem disputadas! E a outra, é contemplar o cair da tarde das muralhas mesmo, sem pagar nada.

o sol e a vibe boa desse lugar

 

registro de um mojito inesquecível

 

contemplar o pôr do sol das muralhas foi a melhor pedida dos finais de tarde

 

um dos registros mais lindos da nossa trip #semfiltro

 

3. Conhecemos restôs e bares incríveis e inesquecíveis (todos na cidade amuralhada). Estas dicas são de ouro mesmo! Cartagena deu show de bares maravilhosos e eu não poderia deixar de citar aqui aqueles que nos arrebataram. E o mais legal de tudo é que nos deparávamos com esses lugares charmosíssimos em nossas andanças durante o dia e aí escolhíamos onde almoçaríamos ou jantaríamos mais tarde. Se você também ama lugares aconchegantes e autênticos, se prepara. Eu e o Thales ficávamos loucos com tanto lugar lindo e de bons preços para conhecermos! Este assunto é tão especial que precisa de um post exclusivo. Escreverei sobre nossas descobertas de restaurantes, com fotos e comentários em breve! (sai do forno essa semana ainda!)

Bar KGB – um dos nossos preferidos!

 

4. Fizemos um walking tour pelo museu/capela San Pedro Claver (17.000 pesos por pessoa) e pelos principais pontos da cidade Amuralhada. Nós amamos walkings tours e sempre buscamos em todos os lugares que viajamos! Esta dica é preciosa para quem está realmente interessado na história de Cartagena que, minha gente, é apaixonante! A cidade já sofreu várias invasões piratas e se reconstruiu diversas vezes, por isso, tantas muralhas e fortes. Conhecemos o guia no próprio museu, ele nos ofereceu este serviço e topamos felizes! Pudemos conhecer o museu e a capela, em detalhes, e com toda a história que jamais saberíamos – caso tivéssemos feito a visita sozinhos. De lá, partimos para o passeio pela cidade amuralhada e seus pontos-chave: marcos da história da dominação espanhola, comércio escravo, invasões e libertação de Cartagena. O passeio durou 1h30min e incluiu uma passadinha no museu de esmeraldas, também bem bacaninha. É óbvio que na saída rola aquela lojinha de joias (Joalheria Caribe), mas aí vai de bolso e de gosto.

* o walking tour custou 120.000 pesos para nós dois, incluindo museu e cidade.

5. Museus que escolhemos visitar, além da Capela San Pedro Claver:

Museu de la Inquisicion (19.000 pesos por pessoa). Adoramos! Em geral os museus de Cartagena são pequenos, escrevo isso em comparação aos museus maiores em que passamos 3h visitando. Logo, as visitas são mais breves, mas, nem por isso, menos interessantes. Pelo contrário! Prendem a nossa atenção e encanta profundamente, por compartilhar detalhes da história da própria cidade, do lugar que estamos literalmente, pisando e desbravando. Este museu detalha o período de inquisição e perseguições às bruxas que se deu em Cartagena. Além do relato em textos, há acervo de objetos de tortura de morte. É demais! Uma oportunidade singular de aprender sobre assuntos inesperados e que talvez jamais saberíamos. (localização: Cra. 3 #33)

pátios e a construção magnífica do Museu da Inquisição

 

Museu Naval (16.000 pesos por pessoa). Como assuntos marítimos nos encantam, sempre adoramos quando estamos em cidades que foram marcos de conquistas e lutas. E Cartagena é expert nesse assunto! Fomos visitar o Museu Naval em busca de aprendizados e novas descobertas. Amamos! Ele é um museu um pouquinho mais extenso, pois narra, em detalhes, todas as invasões piratas que a cidade sofreu, a dominação espanhola e muitas de suas lutas. É super detalhado, a ponto de dividir cada “evento” em uma maquete e em narrativas do processo e dos envolvidos naquela batalha. Além disso, começa contando a história dos povos indígenas, primeiros habitantes de Cartagena. (Indico para quem realmente se interessa pelo assunto! Se for para apenas “passear vendo as imagens” nem vá, não valerá a pena.) A casa em que o museu foi concebido é linda e guarda uma história especial, você verá ao final da exposição! (localização: Cl. 52 #3-62)

Como sempre, as construções centenárias são a cereja do bolo. Todos os museus que visitamos ficam em construções lindíssimas, entre pátios, escadas, portas e janelas dignos de contemplação. Eis aqui um dos detalhes que mais adoro em nossos passeios por museus!

Museu Naval

 

NH Galeria (gratuito). Esta é uma galeria de arte que trabalha em parceria com Nohra Haime Gallery de Nova York. O acervo promove a arte contemporânea de artistas colombianos e internacionais! Ela é pequena, mas preciosa. Vale a pena uma visita em um de seus rolês noturnos antes do jantar, por exemplo. Gratuita, então, por que não? Entre pinturas, gravuras, esculturas e instalações, há até uma obra Yayoi Kusama, bem ali diante dos nossos olhos. Cartagena é uma caixinha de surpresas, então fique atento aos detalhes! <3 (localização: Cra. 2 #33-36)

 

6. Visitamos o imperdível Castillo San Felipe. Claro, porque esse passeio não pode ficar de fora MESMO! Quando pesquisamos sobre Cartagena logo nos deparamos com o nome castelo e, se você já está pesquisando e montando seu roteiro, já anotou essa dica também. Yeeesss, o rolê é realmente incrível, grandioso e emocionante. O Castillo San Felipe é um forte militar, por isso não espere ver um castelo com alas e acomodações. Ele é um forte mega-enorme meeeesmo, com muitos pátios abertos, escadinhas, rampas, apenas dois cômodos abertos para visita, baluartes e os famosos túneis subterrâneos. Basicamente, é isso, uma fortaleza gigante que te convida a andar por toda a área e imaginar como seria estar ali centenas de anos atrás! Os túneis me parecem ser o clímax do passeio, mas confesso que eu não chamo de clímax nada que possa ser claustrofóbico (hahaha). Eles são bem legais e curtos, por isso eu entrei. Se fossem longos e sufocantes eu deixaria essa experiência para o Thales apenas.

A vista é linda e a construção é de tirar o fôlego. Uma dica importante: faça a visita ao Museu Naval antes, lá você terá a oportunidade de entender a história de Cartagena e o porquê da necessidade de se construir tantas muralhas e fortes. Se não puder ou quiser visitar o museu, pesquise sobre a história do Castillo San Felipe antes também. Desta forma, a visita fará muito mais sentido, pode acreditar! Lá no próprio castelo você visitará uma salinha com o filme da história do forte, porém, estará em inglês ou espanhol e nem sempre entendemos tudo com tranquilidade, e, como aconteceu com a gente, foi a parte final da visita.

 

 

7. Os famosos passeios da Ilha do Rosário. Preciso citar esse item porque é impossível ir a Cartagena e não ouvir falar desses passeios. Um: porque você já deve ter lido antes e quer ver o maravilhoso mar do Caribe. E dois: porque dezenas de “agentes de viagem” irão te oferecer esse rolê quando estiver passeando por lá. Bom, não fizemos esse passeio, pois escolhemos passar os últimos dias em um resort na Isla Barú, o Decameron. Como estava em nosso roteiro descansar e ficar de pernas pro ar no final da trip, não fizemos os famosos passeios de bate volta até Playa Branca e Oceanário. Maaaas, pudemos entender perfeitamente como eles se dão estando lá e, depois, fazendo um passeio de barco partindo do resort.

O passeio tradicional e mais acessível pelo barco lento, é lento MESMO. Leva quase 2h para chegar à primeira parada: o Oceanário. E depois até a Playa Blanca, onde você terá tempo cronometrado para almoçar e se banhar. O saldo final da viagem é mais tempo na condução “barco” do que passeando e boiando no mar. (Essa opinião também é bem particular, mas ao nosso ver, enquadramos esse passeio no quesito “furada”.) A boa opção, também recomendada por vários blogs, é alugar uma lancha rápida e fazer todo o trajeto pela metade do tempo. Assim, terá tempo suficiente para contemplar o mar do Caribe que nosso coração espera e escolher se deseja ir ao Oceanário ou não! E a dica final de ouro seria: se puder se hospedar em uma das ilhas, você viverá dias de sonho. Farei um post contando sobre nossa experiência no Decameron, em breve!

o mar do Caribe que nos tirou o fôlego. Registro da nossa estadia no Decameron que contarei em breve!

 

corações transbordando de amor por esse lugar inesquecível!

 

Cartagena é roteiro dons bons, sem erro. Tenho a certeza que você viverá dias mágicos e inesquecíveis! A simplicidade, alegria e calor deste destino caribenho vão arrebatar seu coração. Essa foi a primeira de muitas visitas que ainda faremos ao longo da nossa vida!

Com amor, Amanda.

 

Se está planejando começar por Bogotá, vem ler todos os posts que já escrevi!

GUIA DE POSTS:

O apê que alugamos em Bogotá

Nosso roteiro em Bogotá

Como foi conhecer Cartagena

Por que decidi vender Wayuus

O apê que alugamos em Cartagena

 

–   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –   –

 

Conheça minhas Ilustrações, Produtos e Cursos online de pertinho:

loja.amandamol.com.br

cursos.amandamol.com.br – Como leitor do Blog você tem cupom de desconto exclusivo nas Oficinas! Utilize: #blogAM e desfrute de 10% de desconto em sua inscrição!

instagram.com/molamanda – @molamanda

Assine a NEWS aqui embaixo e receba minhas conversas semanais, com novidades e lançamentos quentinhos! Escrevo 1 mensagem por semana com muito carinho. Não sou spam, prometo!