#2 – Kit básico para suas primeiras experiências floridas

#2 – Kit básico para suas primeiras experiências floridas

O post de hoje não vai tratar de plantio e cuidados com nossas filhas de pétalas. E sim, do nosso primeiro kit jardinagem: ferramentas que nos ajudarão nestes experimentos floridos e que deixarão…

O post de hoje não vai tratar de plantio e cuidados com nossas filhas de pétalas. E sim, do nosso primeiro kit jardinagem: ferramentas que nos ajudarão nestes experimentos floridos e que deixarão o momento da jardinagem mais confortável e prazeroso.

Quando comecei eu também não tinha ferramentas de jardinagem, usava objeto velhos da minha casa para “fofar” a terra, podar as plantas, entre outras tarefas…

Aí. ganhei o meu primeiro “incredible kit flower power yeah” e me senti uma jardineira completa! (haha) O processo ficou bem mais prático e organizado. Então agora vou compartilhar as minhas dicas, chega mais!

FLOR  KIT BÁSICO DE FERRAMENTAS:

.  Pá grande. Para transportar terra, cavar buracos e te ajudar a cuidar de vasos maiores.

.  Garfo grande (aquele objeto de 3 dentes!). Ajuda a “fofar” a terra de vasos maiores, arrancar matinhos/praginhas e misturar a terra deixando-a mais macia.

. Alicate de corte para jardim. Tem a função de podar plantas pequenas e médias, cortar folhas velhas e dar toda a manutenção de corte que uma planta precisa. Para plantas maiores essa ferramenta deve ser mais forte, como um tesourão de poda ou uma tesoura grande convencional. Costumo usar tesoura também!

Dois utensílios menores: a pazinha e o garfinho. Ambos são os mais usados em vasinhos pequenos! A pazinha vai te ajudar a transportar pouca quantidade de terra, cavar os buracos para plantio em vasinhos e dispor a terra ao seu redor. O garfinho é ideal para arrancar matinhos e praginhas (mas confesso que AMO fazer isso com a mão mesmo!) e amaciar a terra. Uso o garfinho pequeno para mexer na terra de todos os meus vasos, inclusive os grandes, e deixá-la sempre fofinha.

FLOR  BOAS PEDIDAS

. Barbante ou fio de rami. É ideal para amarrar plantas que precisam ser guiadas para crescer, como trepadeiras por exemplo. Antes eu firmava essas plantas com arame, pois nunca imaginei que isso pudesse fazer mal a elas. Depois aprendi com meu floricultor favorito que os arames aquecem os caules e queimam, matando o caule e logo a planta, pouco a pouco.

. Regador. Tenho 3 regadores: um pequeno e pau pra toda obra, que é o da foto; um bule antigo que transformei em regador, onde a água não sai em forma de chuveiro, ideal para plantas que não gostam de água em sua copa (assunto específico que conversaremos mais, um dia!); e um regador grande para os vasos maiores.

. Adubos. Demorei para entender mas agora já faz parte do meu processo de cuidados! Toda planta precisa ser adubada, são vitaminas necessárias para o seu crescimento e bem estar. Por mais que estejam bonitinhas em seus vasos, acredite, elas ficarão ainda mais felizes se forem adubadas 1x por mês. Só 1x ao mês, tá fácil né? No momento estou experimentando um adubo novo, recomendado pelo meu floricultor de confiança então vou compartilhar a dica com você também. Ó: Fertilizante Mineral Misto para Flores e Folhagens (são dois diferentes!), marca Vitaplan. Contém 30 pastilhas e cada vaso pedirá apenas 1. É só cavar um buraquinho no canto do vaso, colocar a pastilha, cobrir o buraco e logo regar o vaso. A cada rega, a pastilha irá desmanchando e fertilizando a planta!

. Luvas. Podem tanto ser aquelas lindas e estampadas, que vemos por aí, como as descartáveis. Eu prefiro as descartáveis pois me garantem um tato melhor no manuseio!

2

FLOR  DICA DE LIVRO

Comprei esse livro em Inhotim no ano passado e adorei! Ele é dividido em categorias de acordo com cada tipo de jardim, estação do ano, porte das flores… É super amplo! E mesmo nos capítulos que não se aplicam ao nosso perfil de jardinagem, podemos aprender um pouquinho. O seu formato é de passo a passo, com fotos e dicas. Taí mais um incentivo para o nosso hobby! 😉

> Jardinagem Perfeita – PUBLIFOLHA

O papo florido de hoje foi, digamos, técnico! Sabe aquela história de que “nem tudo são flores”? (haha)

Pois é. Precisamos conhecer também o dia-a-dia e os bastidores por trás de um lindo jardim. Nestas dicas simples e descomplicadas, quero ajudar você a montar o seu primeiro kit (se é que você já não tem um lindão por aí também!). O meu é a maleta da Imaginariun. Encontrei no site este aqui também, uma ótima pedida!

Compartilhe suas experiências de jardinagem comigo!
Em breve terei um espaço especial dos “seguidores jardineiros” que estão me acompanhando nesta nova aventura! Use a hashtag #amjardinagem que assim poderei conhecer suas aventuras floridas também! 
Beijos floridos e até a semana que vem!